Ken humano critica Barbie da vida real após encontro

Ken humano critica Barbie da vida real após encontro
Ken humano critica Barbie da vida real após encontro. Confira o que ele fala da ucraniana. 
 
Primeiro, Ken fez doce. Agora, ele finalmente aceitou se encontrar com a Barbie humana. Depois, o boneco de carne e osso usou o Facebook para falar mal da ucraniana.
 
"Honestamente, ela é realmente esquisita, muito formal, e falta personalidade", escreveu o americano Justin Jedlica, de 32 anos, que fez mais de 90 procedimentos estéticos para ficar parecido com o boneco Ken. Depois, ele reconheceu que  Valeria Lukyanova, de 21 anos, que também modelou o corpo para reproduzir as feições da boneca mais famosa do mundo, é "muito bonita".
 
O objetivo do encontro nos EUA não foi revelado. Alguns internautas chegaram a especular que os dois teriam sido convidados a estrelar um filme pornô.
 
Ano passado, Valeria disse que planejava viver nos EUA, onde mora o seu namorado. Será que vai pintar romance com Ken?
 
ken-de-carne-osso-despreza-barbie-da-vida-real
 
Ken e Barbie formam um casal, correto? E o que dizer de duas pessoas que se submeteram a cirurgias plásticas e outros artifícios para ficarem parecidos com o boneco e a boneca? Par perfeito? Só na fantasia.
 
Justin Jedlica, que gastou cerca de 100 mil dólares (pouco mais de 200 mil reais) em 90 procedimentos estéticos para ficar parecido com o Ken (leia mais), dispensou qualquer possibilidade de fazer par romântico com Valeria Lukyanova, a ucraniana que fez de tudo para ser a Barbie humana (relembre a história dela).
 
"Eu a acho bonita, mas parece que muito do visual dela é composto de maquiagem, cabelo falso e corseletes. Drag queens recorrem à mesma ilusão há anos", disse Justin, morador de Nova York, em entrevista ao "Huffington Post". Valeria diz ter gastado o equeivalente a 1,6 milhão de reais em sua transformação.
 
"Uma verdadeira pessoa modificada - como eu - vive com a convicção da transformação e não a remove", afirmou o "Ken" americano.
 
"Eu posso até apreciá-la como artista, mas se só no fim do dia ela se apresenta como Barbie humana, quando a câmera está filmando(...) Não estou certo da credibilidade que eu daria a ela como verdadeira Barbia humana", acrescentou.
 
Na ótica inusitada de Ken, faltou "naturalidade" à Barbie. Enfim, faltou química. Ou melhor, faltou plástica.
 
Fonte: oglobo.globo.com